Pastor Elcio Lourenço
Mensagens do Eterno para o seu coração
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




Carta de amor

Ato de sentimento já um tanto esquecido, talvez porque sua confecção necessariamente deva nos levar para alguma das coisas mais suaves e, ao mesmo tempo, mais misteriosas que existem no universo.

Sol, lua, sorriso de criança, flor que desabrocha na vertente da montanha. Elementos inspiradores, de uma mensagem de amor.

Mas será que - na atualidade - nós nos dispomos a parar um pouco e contemplar esta realidade?

Será que ainda há aqueles que usam os correios para enviar frases acalentadoras, amigáveis e que trazem alegria?

Por onde andam os pombos que levavam cartas apaixonadas dos jovens enamorados?

Quem ainda escreve telegramas de aniversário? Ou bilhetes que expressam o que não se é possível dizer olhando nos olhos?

Se a questão terminasse meramente no interlúdio entre duas pessoas humanas, seria melancólico, porém, suportável.

O que infelizmente disponta é o fato que o nosso afã - correndo atrás de tudo, ou talvez de nada - não nos permita parar um momento para reparar nas coisas simples, ou para analisar a maior carta de amor jamais escrita: a mensagem de Deus, contida na Bíblia Sagrada.

Enquanto o amor passional sempre está sujeito às exigências de retorno, a carta divina declara que Deus nos amou sem esperar qualquer retribuição.

De qualquer forma, ainda é tempo para que você resgate o conteúdo dessa carta maravilhosa. Procure uma Bíblia. Leia. Você irá encontrar a maior mensagem de paixão divina que jamais poderia imaginar.

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores." Romanos 5:8

www.pastorelcio.com

Pastor Elcio
Enviado por Pastor Elcio em 24/05/2010
Alterado em 24/05/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Pastor Elcio Lourenço e o site www.pastorelcio.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários