Pastor Elcio Lourenço
Mensagens do Eterno para o seu coração
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos



Meu coração está magoado

...e você tem tudo a ver com isso...



Parece surpreendente, mas no mesmo instante que você – assistindo à televisão – considera aquele astro o protótipo da perfeição, sua mente está agitada em função de quem senta ao seu lado no sofá.
 
A realidade é que nós idealizamos coisas que talvez sequer existam.
 
Marido perfeito, chefe compreensivo, cabelos brilhosos, bolo de chocolate fofinho, casa sempre limpa, amigos leais a qualquer prova, filhos de sucesso.
 
Coisas que somente acontecem nas histórias de Hollywood com aquele final feliz.. que dura para sempre.
 
Enquanto isso, bem debaixo do nosso nariz, encontramos pessoas que, como nós, estão buscando sonhos, alegrias e satisfação, na tentativa de ocupar um pequeno espaço, onde cabe um ou dois, mas uma centena quer entrar.


 
Nossa revolta com pessoas que dividem a vida do lar, do trabalho ou mesmo da cidade, deriva certamente de mágoas que nos foram aplicadas no passado.
 
Logicamente, o vilão do cinema jamais teve a oportunidade de nos atingir com muita intensidade. No máximo, consideramos um dos seus papéis como tediosos.
 
Mas nos voltamos contra os vilões que encontramos no dia a dia. Diante disso, parece difícil manter um sentimento de carinho, de amor e de aceitação para aqueles que, de uma forma ou de outra, nos fazem lembrar amargas experiências.
 
A lição que nos foi doada por Jesus fala do amor ao próximo, e este próximo, via de regra, não faz nada que justifique a nossa retribuição.
 
Mas o apelo do Mestre vai bem além de oferecer algo em troca do que nos foi feito. Jesus determina que amemos os nossos inimigos, e tratemos bem aqueles que nos perseguem.
 
Como fazer isso?
 
A fórmula que nos é dada pelo próprio Deus – já que não há norma divina sem resposta – e pode ser sintetizada em dois pontos:
 
a)   Nunca considere que o que lhe fizeram foi intencional e maldoso, mas sim fruto da própria fragilidade humana, e da ausência de compreensão das pessoas;

b) Faça para os outros – seja quem for – como se estivesse fazendo para Jesus, pois este critério será utilizado a seu favor na Eternidade.

Encare seu dia com alegria. Não deixe as imperfeições - que sempre irão existir - tirar sua paz de espírito.

O bolo pode ter solado, as crianças estão meio assim-assim, o marido (ou esposa) está de mal-humor, o chefe anda irritado.



Se tudo não é perfeito - e não é, mesmo! - saiba que o AMOR de Deus é, sim, perfeito, e não muda nunca.

 
Quando chegaram ao lugar chamado Caveira, ali o crucificaram, a ele e também aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda.
Jesus, porém, dizia: Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem. Então repartiram as vestes dele, deitando sortes sobre elas.
Lucas 23:33-34


www.pastorelcio.com
Pastor Elcio
Enviado por Pastor Elcio em 25/05/2011
Alterado em 25/05/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Pastor Elcio Lourenço e o site www.pastorelcio.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários